KAMILLA NUNES

Claustrofobia, 2019

Nanquim e aquarela sobre papel, 29,7 x 42 cm

 

Um processo de escrita e desenho que se imbricam, o que se diz está presente no modo como se escreve / desenha, fazendo com o que a sensação de claustrofobia esteja implicada em sua própria imagem. Quase um desenho, quase uma escrita, quase uma palavra, quase um aprisionamento, quase poesia, quase objeto, quase quase.